Preços da soja em alta no mercado físico do Brasil

Home » Sem categoria » Preços da soja em alta no mercado físico do Brasil

Preços da soja em alta no mercado físico do Brasil

No mercado doméstico, os preços da soja subiram entre R$ 0,50 e R$ 1,00 por saca de 60 Kg, com a oferta mais escassa nesta entressafra, leve alta dos futuros em Chicago, prêmios estáveis nos portos brasileiros e dólar acima de R$ 4,10. Os futuros de soja fecharam em alta nesta quarta-feira (29/08) na Bolsa de Chicago, com um movimento de recuperação técnica. O vencimento novembro/2018 subiu 2,75 cents (0,33%) e fechou a US$ 8,36 por bushel. O dólar acabou descolado do mercado externo e terminou a quarta-feira em queda ante o Real, em um movimento de correção após a moeda ter superado os R$ 4,15 na máxima da sessão. O dólar recuou 0,65%, para R$ 4,1143.

No Paraná, na região de Ponta Grossa, a indicação de compra está entre R$ 86,00 e R$ 87,00 por saca de 60 Kg, para entrega em outubro e pagamento no fim de outubro. No Porto de Paranaguá, a indicação está entre R$ 90,00 e R$ 91,00 por saca de 60 Kg, para entrega em outubro e pagamento no fim de novembro. Há também indicação de R$ 90,00 por saca de 60 Kg, para entrega e pagamento em setembro, mas pouquíssimos compradores, só para fechar posição em navios. Para a safra 2018/2019, os compradores indicam entre R$ 81,00 e R$ 82,00 por saca de 60 Kg, para entrega em abril e pagamento em maio.

Em Mato Grosso do Sul, na região de Dourados, os preços têm se mantido, mas os vendedores têm expectativa de valorização. As indústrias estão bem abastecidas e devem voltar com mais força ao mercado somente na virada do mês. A indicação de compra é de R$ 78,00 por saca de 60 Kg, para retirada em setembro e pagamento no fim do mesmo mês. Para a safra 2018/2019, a indicação é de R$ 73,00 por saca de 60 Kg, para retirada em março e pagamento no fim do mesmo mês, valor inalterado nos últimos dias, mas que não desperta interesse de venda.

Idioma l Language